Como projetar vitrines

Captura de Tela (38) Captura de Tela (39) Captura de Tela (40) usar

O papel fundamental da vitrine é encantar e cumprir bem sua função que é atrair os clientes para dentro da loja. Vamos especificar aqui os oito pontos essenciais para desenvolver uma vitrine de sucesso.

 

  • Dimensionamento

 

Você tem que ter em mente que irá colocar manequins e materiais de visual merchandising dentro dessa vitrine, móveis, recursos para poder atrair mais a visão do público. Ainda vai trabalhar com vitrines de temporada como o dia das mães, por exemplo. Então é importante deixar um espaço diferenciado que dê a liberdade de criação.

 

  • Posicionamento

 

Definir dentro daquela fachada o melhor posicionamento da vitrine, onde ela fica mais visível, dentro daquele corredor, daquela rua, se é uma loja de esquina… Terá de analisar onde está os maiores fluxos de pessoas, ou seja, definir o melhor local onde aquela vitrine estar com mais visualização.

 

  • Quantidade de manequins

 

Você não pode querer colocar manequim onde cabem apenas dois ou três, deve ter em mente que um manequim deve ser colocado justaposto ao outro com pelo menos um metro quadrado de diferença. Pode até sobrepor na montagem, mas nunca colocar demais ou irá confundir a imagem dos produtos que quer mostrar. É importante citar ainda que deve se atentar à faixa etária, pois nesse caso terá de pedir em estaturas diferentes para atender o público alvo.

 

  • Uso do espelho

 

Uma dica importante é usar os espelhos nas laterais, nunca de frente para o público. Quando o espelho ficar de frente o que pode acontecer é os clientes se distraírem e começarem a se olhar e não observar o real objetivo: os produtos.

Ao colocar os espelhos nas laterais você duplica aquela vitrine dando uma sensação de profundidade, que ela é ainda maior. Então, você pode usar espelhos sim, mas que seja bem estudado para atrair as vendas.

 

  • Iluminação

 

Item fundamental! Em uma vitrine você sempre deve colocar a iluminação na frente do manequim, posicionadas embaixo também, isso vai balancear a luz de cima com a de baixo. Uma dica é colocar a lâmpada bem colada no espelho para pegar o manequim de frente e valorizar com um todo.

Iluminação é tudo! Capriche e estude muito bem as formas de exposição, ela que vai intensificar as peças e dar os destaques para atrair o público dentro da loja.

 

  • Infraestrutura do VM

 

Pensar na estrutura é importante, pois os vitrinistas precisam ter espaço para organizar e montar a vitrine. É essencial que tenha suporte no teto, aquela malha de ferro que se usa, pois é ela que vai dar suporte para pendurar painéis, banners, qualquer meio decorativo. Então, atenção a esses recursos que irão garantir que vitrinista possa fazer confortavelmente o trabalho dele.

 

  • Letreiro

 

O letreiro deve ser bastante explorado. Você pode usá-lo de diversas formas e ainda contar com o recurso da iluminação para destacar na fachada. Dentro de shopping há muitas lojas e por isso deve ser colocado em evidência com muita iluminação, sem estar iluminado ele não vai funcionar.

Explore a marca, evidencie bem para que seja gravado e consiga a eficiência comunicativa que se espera.

 

  • Porta de acesso

 

É preciso avaliar quanto à abertura de loja, saber se quer uma abertura mais ampla para a loja, ponderar se é uma loja grande ou pequena, pois se tratando de uma grande o fluxo é maior de pessoas.

Avaliar também a questão se vai utilizar aquelas portas de rolo para fechar a loja, pois elas precisam ter nobreak na instalação. Por isso, atenção e muito estudo antes de fazer as definições.

 

Comentários

Olga Portela cresceu cercada pela cultura popular de Pernambuco, com um lado empreendedor forte, se apaixonou por Arquitetura aos 12 anos de idade. Adora projetos comerciais e se considera uma exímia dona de casa, graças a seus dotes manuais!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.